Degustação Sensorial Harmonizada de Azeites em destaque

Espaço será ampliado, triplicando a atual capacidade por sessão, gerando mais conforto e comodidade aos visitantes. A atividade não tem custo adicional aos visitantes e deve ser agendada no local.



Em Gramado, um dos principais e mais desejados destinos de turismo do Brasil, uma atração vem chamando atenção dos visitantes que buscam experiências diferenciadas em seus passeios. O Olivas de Gramado, parque dedicado ao olivoturismo, vem ganhando popularidade, e recebendo a cada dia mais público e interessados, não só pela linda paisagem natural, rodeada pelos cânions do Rio Caí, mas também pela Degustação Sensorial Harmonizada de Azeites de Oliva.


André Bertolucci, azeitólogo com formação em análise sensorial e com especialização como mestre lagareiro, explica a proposta do Olivas. “A ideia é proporcionar uma experiência única no que se refere ao azeite de oliva extra virgem e infusões aromáticas, fazendo uma verdadeira imersão no universo das olivas. Além da degustação, compartilhamos experiências, conhecimento e conteúdo sobre olivicultura, com ênfase na história, nos métodos de produção e extração do azeite de oliva, método de colheita, manejo e também sobre os benefícios da Dieta do Mediterrâneo para o nosso organismo”, explica o ele, que é um dos proprietários do empreendimento ao lado do pai e irmãos.


No Olivas de Gramado a experiência sensorial é feita com azeite de oliva extravirgem blend médio (composto pelas variedades arbequina, arbosana e koroneik), infusão exclusiva de ‘Caviar de Chocolate’ (nibs de cacau com baunilha - única na América Latina) elaborada pelo azeitólogo, e outras infusões e azeites gourmets, como canela, limão, bergamota com baunilha, limão siciliano, herbs de Provence, alho em flocos, pimenta calabresa, entre outros. Cada um harmonizado com pães, queijos, charcutaria, legumes e até mesmo frutas, de acordo com as características sensoriais e organolépticas do azeite, e sempre sob orientação de um profissional - ou o próprio André, ou o português João Lima, que está se especializando como sommelier de azeites.


“Os visitantes se surpreendem com as possibilidades de harmonização, potencializando seu nível gastronômico, ampliando o leque de harmonizações com a percepção das nuances de notas olfativas e sabores que conseguem perceber durante a degustação, literalmente quebrando o clichê de que azeite de oliva só serve para pizza e salada", destaca André.


Com o aumento da demanda de visitantes interessados em vivenciar a experiência, um grande espaço planejado exclusivamente para as sessões de sensorial está em fase final de preparação. A expectativa é de que a área esteja pronta para utilização até o início de dezembro. “Realizamos em média seis edições diárias, com 45 minutos de duração. Começamos às 10h30 e a última acontece pelas 17h, mas como as vagas são limitadas e agendamento presencial, no parque”, ressalta o empreendedor.